Press "Enter" to skip to content

Acidentes custam R$ 5,3 bilhões para o Brasil

25 de julho é o Dia do Motorista, por isso Buonny alerta sobre a importância da prevenção e cuidados no trânsito

Os números são alarmantes. Entre 1998 e 2018, o Brasil gastou R$ 5,3 bilhões (corrigidos pela inflação) em 2,8 milhões de procedimentos médicos relacionados ao trânsito, cobertos pelo SUS – Sistema Único de Saúde. Em 20 anos, foram registrados mais de 700 mil óbitos; a cada 15 minutos, em média, uma morte é registrada nas ruas e estradas do país e as maiores vítimas são os pedestres (24,7%).

Além disso, o Brasil ocupa o quinto lugar no ranking dos países com maiores índices de morte no trânsito, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), atrás apenas da Índia, China, EUA e Rússia. Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito também estão entre os países de trânsito mais violento.

Diante desse cenário, até 2020, o Brasil precisa cumprir acordo firmado com a ONU de reduzir as mortes no trânsito para cerca de 21 mil ao ano. “Para o país alcançar essa meta, precisa despertar para a importância da prevenção na direção e conscientização sobre as leis e os perigos de bebidas e drogas”, destaca Cyro Buonavoglia, presidente da Buonny, maior gerenciadora brasileira de riscos em transportes.

“Esses números mostram que é preciso valorizar mais a vida no trânsito do Brasil, para que possamos reverter a situação o quanto antes”, completa. Para isso, o executivo listou dicas importantes para aumentar a segurança e, assim, evitar acidentes e mortes:

– caso tenha ingerido qualquer quantidade de bebida alcoólica ou drogas, nunca assuma a direção do veículo;

– cheque sempre se seu veículo está em boas condições;

– não dirija com sono ou cansaço;

– use sempre cinto de segurança;

– respeite velocidades máximas permitidas pelas vias e sinalização;

– atenção aos pedestres;

– motociclistas devem usar capacetes, obrigatoriamente;

– não fale ao celular;

– em pistas molhadas, cuidado com derrapagens e colisão traseira;

– caso um veículo com farol alto venha em sua direção, olhe para baixo e à direita, em direção à faixa branca que delimita a rodovia ou ao meio-fio da rua. Isso evita o ofuscamento da visão e um possível acidente;

– ultrapassagens: só faça em locais permitidos e com segurança.

One Comment

  1. Clark Mcmurtry Clark Mcmurtry 14 de janeiro de 2020

    The article has really peaks my interest. I’m going to bookmark your site and maintain checking for brand new information!

Deixe uma resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial