Press "Enter" to skip to content

Setor de saúde vê risco com reforma tributária

Folha de S.Paulo registra que o setor de saúde observa a discussão sobre a reforma tributária com um pé atrás. Dentre as propostas que estão na mesa, o alerta é a possibilidade de substituir PIS Cofins ou ainda ISS e ICMS por um imposto único sobre a receita bruta.

‘Vai ser possível deduzir deste imposto crédito decorrentes de insumos. É muito mais vantajoso para a indústria, que gasta mais com insumos’, diz Fabio Cunha, diretor jurídico e de compliance da Dasa, que reúne marcas como Alta e Delboni Auriemo.

Para o executivo, o setor de saúde não terá capacidade de usar créditos na mesma proporção que a indústria. ‘A folha de pagamento, em gastos com pessoal, que não geram créditos, formam a maior parte da nossa despesa’, afirma.

Sem diferenciar alíquotas, ele calcula que a elevação na carga tributária da saúde vai comprometer o potencial de contratações.

Please follow and like us:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial