Press "Enter" to skip to content

United HR contrata Mauricio Oliveira para posição de gestão na A UnitedHealth Group

Márcia Pillat, CEO North America da United HR, afirma que os investimentos na área de saúde aumentaram a contratação de executivos.

A UnitedHealth Group que atua neste segmento contratou Mauricio Oliveira para a posição de gestor Sr. de Infra de TI. “O trabalho da Márcia Pillat CEO United HR e os demais profissionais foram fundamentais no processo de transição e evolução de minha carreira sob todas as perspectivas”, afirma Mauricio Oliveira.

“Deixei uma posição de liderança em uma das maiores instituições de Ensino e Educação, para assumir um enorme desafio na maior instituição de saúde e bem-estar do mundo, uma posição de liderança sênior em uma multinacional com mais de 305 mil colaboradores, presente em 130 países, com investimentos superiores a U$3.5 bilhões em tecnologia e inovação, a sexta maior empresa dos Estados Unidos de acordo com o ranking da Fortune 500”, declara o executivo recolocado pela United HR.

Anteriormente a esta posição o executivo atuou em empresas de diferentes setores como Kroton, Consigás e Elis.

O Setor de Saúde Humana movimenta R$ 161,9 bilhões. O mercado de produtos e serviços de saúde e bem-estar está cada vez mais promissor. Esse segmento cresceu 17% em 2018 em relação ao ano anterior, de acordo com pesquisa divulgada pela ABF (Associação Brasileira de Franchising). Segundo o estudo, a ascensão se deve a alta procura por produtos e serviços nessa área.

Conforme Marcia Pillat, CEO UnitedHR, seja pelo aumento da busca por qualidade de vida ou pelo envelhecimento da população, o comportamento dos consumidores está mudando, e as atividades ligadas aos segmentos de saúde e bem-estar, estão gerando ótimas oportunidades de negócios. O setor desponta com grande destaque, representando em média 7% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, com uma movimentação de R$ 300 bilhões por ano.

Empresas de produtos e serviços voltadas ao bem-estar também comemoram o crescimento e o faturamento, como a Casa do Médico, tradicional rede de produtos de saúde que teve faturamento milionário no último ano (Fonte:Lafis).

De acordo com pesquisa encomendada pela Federação dos Hospitais do Estado de São Paulo (Fehoesp), o setor de Saúde Humana movimenta R$ 161,9 bilhões, e teve aumento de 47% no faturamento nos últimos 4 anos.

Esse mercado possui 184 mil empresas (cresceu cerca de 10% nos últimos 4 anos), sendo que aproximadamente 95% são formadas por startups e Fintechs, e emprega 2 milhões de profissionais, segundo Márcia Pillat.

A Be Life construirá fábrica de instrumentos e materiais hospitalares em Lauro de Freitas (BA). Entre os itens estão lençóis e aventais hospitalares, fraldas geriátricas e compressas de gaze cirúrgica estéril e não estéril em geral, com capacidade produtiva de 73,9 milhões de unidades por ano. O investimento milionário e estima-se a geração de centenas de empregos com a nova fábrica (Fonte: Lafis).

Três hospitais universitários do Rio Grande do Sul vão receber R$ 6,179 milhões de repasses do Ministério da Saúde. Os valores são diferenciados para cada instituição e o aporte faz parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF) com o objetivo de reforçar o orçamento das universidades mantenedoras de serviços de saúde, e assim, estimular a oferta de ensino, pesquisa e atendimento de qualidade (Fonte: Lafis).


Please follow and like us:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial