Press "Enter" to skip to content

Diabéticos: Empresas investem em produtos e serviços especiais para atende-los

Francisco de Assis Fernandes é diretor comercial da American Life, seguradora brasileira reconhecida por oferecer seguros a nichos específicos com mais de 25 anos de mercado 

Que investir em nichos específicos pode render bons ganhos para as empresas já não é segredo para ninguém. Essa estratégia vem sendo adotada por diversos players nos últimos anos e garantido resultados interessantes.

Uma iniciativa interessante e até curiosa são os produtos e serviços que atendem, especificamente, cidadãos com diabetes. De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 12,5 milhões de brasileiros, ou seja, 7% da população, são diabéticos. Os números colocam o país na quarta colocação entre os países com o maior número de diabéticos no mundo segundo o International Diabetes Federation (IDF). Em primeiro está a China, seguida pela Índia e Estados Unidos.

Ainda de acordo com o Ministério, o aumento no número de pessoas com diabetes não é exclusividade do Brasil. A doença vem crescendo em todo o mundo, influenciada por fatores como o envelhecimento da população, hábitos alimentares e falta de prática de atividade física.

É importante notar que portadores de diabetes apresentam algumas necessidades especiais importantes, que impactam diretamente uma série de mercados. O primeiro e mais óbvio deles é o mercado farmacêutico, que investe constantemente em pesquisas para renovação das substâncias e componentes a fim de auxiliar as pessoas no controle da doença. Na sequência vem a indústria alimentícia, que aposta suas fichas em uma gama enorme de produtos diet e balanceados para que os diabéticos possam dar sequência nos cuidados com a saúde.

Porém, há outros mercados, não tão óbvios assim, que já enxergaram as necessidades dessa parcela da população e resolveram investir em produtos e serviços que possam oferecer algum bem-estar e conforto a eles. Um deles é o de calçados e vestuários, que visa levar aos diabéticos peças mais confortáveis, livres de costuras e outros itens que possam, de alguma maneira, causar incômodos que venham a causar feridas na pele de difícil cicatrização. Para boa parte das pessoas com diabetes, esses são fatores de grande importância e que, efetivamente, causam medo.

O setor de seguros é outro mercado que também vê os diabéticos com outros olhos e entende que é importante levar benefícios a essas pessoas. Um seguro de vida especial para portadores da condição, seja ela do tipo I ou II, é uma garantia e respaldo de que a família terá algum tipo de auxílio caso o problema venha a gerar complicações de saúde e, consequentemente, a morte. Como se sabe, seguros são ferramentas importantes para o exercício financeiro pessoal ou familiar. Nada mais interessante do que oferecê-lo a pessoas com condições de saúde adversas, que já têm tanto com que se preocupar.

Please follow and like us:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial