Press "Enter" to skip to content

Hapvida lucra R$ 212,4 milhões no terceiro trimestre, alta de 12%

Valor Online informa que a Hapvida divulgou nesta quarta-feira (13) que obteve, no terceiro trimestre, um lucro líquido de R$ 212,4 milhões, um aumento de cerca de 12% em relação aos R$ 190 milhões registrado no mesmo período de 2018.

A receita líquida passou de R$ 1,1 bilhão para R$ 1,3 bilhão, com o crescimento de 4,8% e 4,9% no número de beneficiários de planos de assistência médica e odontológicos, respectivamente, junto com os aumentos de 9,3% no ticket médio de planos médicos e de aumento de 1,7% no ticket médio de planos odontológicos, reflexo dos reajustes de preço implementados nos contratos existentes.

O índice de sinistralidade total aumentou em 0,7 ponto percentual (p.p.), em base anual, para 63,3%, com o aumento de 4,8 vezes nas provisões de ressarcimento ao SUS. Excluindo a variação da provisão, a taxa de sinistralidade caiu 0,8 p.p., a 61,4%. A melhora, de acordo com a Hapvida, se deve aos investimentos na ampliação da rede assistencial e internalização de procedimentos médicos, com aumento do volume de internações em hospitais próprios.

As despesas operacionais cresceram 3,6%, para R$ 265,5 milhões, com as despesas com vendas crescendo 7,2%, enquanto a linha outras receita operacionais ficou negativa em R$ 2 milhões, alta de 4,6 vezes. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 39%, para R$ 264,3 milhões, com a margem avançando de 16,3% para 17,9%. Excluindo os efeitos da adoção da norma contábil IFRS 16, o Ebitda atingiu R$ 235,3 milhões, aumento de 23,7%, com a margem atingindo 17,9%.

A receita financeira líquida recuou 14,4%, para R$ 50,5 milhões.

Please follow and like us:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial