Press "Enter" to skip to content

Hospital Care também investe em Curitiba

Valor Econômico destaca que, em apenas 40 dias, três grandes empresas de saúde fecharam importantes transações em Curitiba. A NotreDame Intermédica levou a Clinipam; a Rede D’Or adquiriu o Hospital Santa Cruz e a operadora Paraná Clínicas; e agora a Hospital Care informou a aquisição do controle do Hospital Pilar.

Todos os hospitais e operadoras adquiridos estão localizados na capital do Paraná e marcaram a entrada das companhias em Curitiba, cidade com 1,9 milhão habitantes, sendo que 50% possuem plano de saúde.

“O movimento de consolidação vem acontecendo no país e já esperava que aconteceria em Curitiba. Por isso, decidimos vender, fazer parte de um grande grupo como a Hospital Care”, disse Rodrigo Milano, presidente e filho do fundador do Hospital Pilar, fundado há 55 anos.

A Hospital Care — holding do fundo Crescera (ex-Bozano) e dos empresários Elie Horn e Julio Bozano — pretende continuar fazendo aquisições na região. “Vamos fazer outros movimentos inorgânicos em Curitiba. Queremos ser referência num segmento intermediário alto”, disse Rogério Melzi, presidente da Hospital Care.

A estratégia de Melzi é atender o público que não possui plano de saúde verticalizado. Cerca de metade dos usuários de convênio médico em Curitiba é cliente da Unimed, que, por sua vez, não conta com uma rede própria de hospitais e clínicas.

Como no interior de São Paulo e em Florianópolis, cidades onde já têm presença, a Hospital Care também pretende montar em Curitiba uma estrutura completa de saúde com hospitais de alta e baixa complexidades, centros médicos e laboratórios. O objetivo é que o Pilar seja o hospital de alta complexidade. Para isso, a holding pretende fazer um investimento inicial de R$ 40 milhões em modernização. O número de leitos vai aumentar dos atuais 110 para 150 unidades de internação.

Segundo Milano, ao fazer parte de um grupo maior, o hospital conseguirá acelerar a adoção de novos modelos de remuneração com planos de saúde — projeto que estava paralisado, mas que faz parte da estratégia da Hospital Care.

Fundada há apenas dois anos, a Hospital Care tem receita ao redor de R$ 1 bilhão e cerca de 700 leitos. O grupo é dono dos hospitais Vera Cruz, em Campinas, São Lucas e Herp, em Ribeirão Preto, (ambos no interior de São Paulo) e Baia Sul, em Florianópolis. Também tem um contrato de 30 anos para gerenciar o hospital Casa de Saude, em Campinas. A holding conta ainda com centros médicos e laboratórios de medicina diagnóstica nessas cidades.

Além de Curitiba, outras regiões do Paraná também estão no radar dos investidores e grupos consolidadores. A Athena, empresa de saúde criada pela gestora de fundos de private equity Pátria, comprou em setembro o grupo Santa Rita, dono de hospital e operadora de Maringá, no norte do Paraná.

Please follow and like us:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial