Press "Enter" to skip to content

Testes possíveis já fazem cair ações de planos

Estadão registra que o avanço dos casos do novo coronavírus também deve penalizar operadoras de planos de saúde. Nesta quarta (11/03), elas registraram fortes quedas na Bolsa de Valores de São Paulo, por exemplo.

As Units de SulAmérica entraram em leilão à tarde após caírem 18,25%. Já a Hapvida ON teve recuo de 14,95%, a Qualicorp ON, de 14,12%, e a NotreDame Intermédica ON desvalorizou 16,94%.

Alvaro Villa, economista da Messem Investimentos, explicou que o aumento do número de casos de coronavírus no País trouxe de volta o temor de alta da sinistralidade do setor.

Na prática, sinistralidade é o alto uso de um plano para determinado procedimento, o que pode comprometer todo o sistema de uma operadora. “Se o número de casos da doença aumentar muito no próximo mês, podemos ver uma grande quantidade de pessoas buscando exames. Isso sem dúvida vai trazer uma despesa”, disse ele.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial