Press "Enter" to skip to content

Soluções de segurança “futuristas” já começam a ser implementadas para o Brasil pós pandemia

Empresa SegurPro oferece tecnologias inovadoras para o “novo normal”

A pandemia da Covid-19 chegou e acelerou as mudanças tecnológicas do mundo. Já são realidade câmeras de imagem termográfica integradas ao sistema de segurança, permitindo monitorar a temperatura corporal em tempo real; sistemas de controle de acesso por meio de leitores biométricos 3D, reconhecimento facial e até de íris para evitar o contato com os equipamentos; uso de inteligência artificial capaz de reconhecer o uso de máscaras faciais ou a aglomeração de pessoas que não respeitam a distância social. Todas essas tecnologias já são realidade e oferecidas pela SegurPro para propiciar espaços CovidFree.

A SegurPro, empresa do Grupo Prosegur, de soluções integradas de segurança para o mercado B2B com foco em tecnologia e inovação, expandiu seu portfólio e passou a contar com diversos serviços que poderão atender o novo mercado de segurança que surge no mundo pós pandemia. No Centro de Gestão Operacional (CGO) da empresa em São Paulo, maior do setor da América Latina, é possível acompanhar de perto as novidades, além de conhecer um espaço totalmente dedicado aos clientes que desejarem ver as novas tecnologias aplicadas em segurança em um exclusivo showroom.

A empresa o oferece ainda uma gama completa de serviços de segurança remota. Os serviços de portaria, vigilância e atendimento aos usuários pode ser de forma mais ágil e tecnológica, contando com um operador situado no CGO da companhia, por exemplo. Lá, o operador pode liberar a entrada de um visitante ou detectar algum tipo de anormalidade no local e se necessário, emitir alertas dissuasivos ou até chamar as autoridades policiais..

Câmeras com softwares de reconhecimento facial, que hoje auxiliam na contenção da pandemia ao identificar o uso de máscaras, no futuro, estarão presentes no nosso dia a dia, em todos os lugares. A empresa de pesquisa MarketsandMarkets estima que até 2021, o mercado de reconhecimento de imagem chegue a R$ 38,92 bilhões de dólares.

“Estamos vivendo um tempo de disrupção em todo mundo. Acreditamos que empresas de diferentes setores como bancos, comércio, escolas e industrias estão se preparando para as novas necessidades impostas pelo COVID-19. Por este motivo seguimos investindo e apostando em inovação e alta tecnologia para esse “novo mundo”. Investimos cerca de R$5 milhões de reais no nosso novo CGO e hoje ele é o ponto focal de atendimento a nossos clientes que precisam promover espaços CovidFree. Seguimos pensando na eficácia e atentos ao mercado de segurança no País” diz Heitor Salvador, CEO da SegurPro.

Investimento em inovação faz parte da cultura e rotina do Grupo Prosegur. Só em 2019, o Grupo investiu exclusivamente para seu negócio de Security, 3 milhões de euros em novos sistemas internos que levaram mais assertividade e segurança para suas operações no mundo.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial