Press "Enter" to skip to content

Cartilhas orientam pessoas com deficiência na prevenção à COVID-19 e sobre violência doméstica

Iniciativas da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência traz informações sobre vírus, sintomas, transmissão e proteção e também guia para ajudar a identificar atos de violência e com informações sobre como e onde pedir ajuda

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência acaba de lançar a cartilha “Prevenção ao COVID-19” com o objetivo de compartilhar informações sobre prevenção e principais cuidados em caso de contaminação pelo novo coronavírus e também o “Guia Prático: Identificação e prevenção à violência contra as mulheres com deficiência” – que faz parte das ações do programa TODAS in-Rede lançado, virtualmente, em 15 de junho.

“Pandemia é algo novo e sério. As pessoas precisam ter o máximo de informações possíveis a respeito do que é, seus perigos e os cuidados necessários”, destaca a Secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão.

A cartilha conta com as principais informações sobre o vírus, como acontece sua transmissão e ações para se proteger. Além dos cuidados usuais, apresenta também os cuidados específicos para cada deficiência (visual, auditiva, física, intelectual, autismo e psicossocial) e suas especificidades, orientações, recomendações e serviços.

De forma totalmente didática, é possível acompanhar um passo a passo ilustrado sobre a higienização das mãos, incluindo sobre o tempo ideal para a devida limpeza (mínimo 20 segundos). A cartilha também destaca informações sobre a importância de se ficar em casa neste período.

“Em se tratando de pessoas com deficiência, toda atenção tem que ser redobrada e essa cartilha tem esse objetivo não só para as pessoas com deficiência, mas seus cuidadores e os profissionais da saúde”, enfatiza a Secretária Célia.

O guia, por sua vez, pretende ajudar a identificar os atos de violência e oferecer informações sobre como e onde pedir ajuda, principalmente dentro do contexto da pandemia, tanto à vítima como às pessoas dentro de seu convívio social. Nesse sentido, são disponibilizados contatos de rede de proteção e acolhimento, além de aplicativos que podem ajudar em situação de emergência e/ou vulnerabilidade.

A cartilha “Prevenção ao COVID-19” pode ser acessada no link http://bit.ly/2YAvgLH e o “Guia Prático: Identificação e prevenção à violência contra as mulheres com deficiência” no site http://www.todasinrede.sp.gov.br .

Be First to Comment

Deixe uma resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial