Press "Enter" to skip to content

Projeto Dados do Bem, apoiado pela HDI Seguros, chega a Goiás

Iniciativa de combate à Covid-19 já está disponível para monitorar pacientes em 78 cidades no estado; expectativa é que realizar o teste em cerca de 240 mil pessoas 

O Dados do Bem, iniciativa de mapeamento epidemiológico da Covid-19 liderada pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) e Zoox Smart Data, e que conta com o apoio de empresas como a HDI Seguros, acaba de chegar a Goiânia. O projeto, criado por uma equipe de médicos e pesquisadores, em associação com desenvolvedores e cientistas de dados, combina inteligência epidemiológica e big data e apoiará o governo do Estado no monitoramento e aumento da capacidade de testagem diária de RT-PCR, exame que identifica o coronavírus no período em que está ativo no organismo humano. 

A ampliação da testagem e do monitoramento na região já está em operação em Goiânia e em mais 77 municípios do estado, pré-selecionados por terem maior número absoluto de casos ou por serem polos turísticos. O programa, efetivado com o uso do aplicativo Dados do Bem, permite monitorar pacientes com Covid-19 e rastrear os seus contatos (pessoas que tiveram contato com paciente contaminado), alertando a necessidade de isolamento e testagem dessas pessoas. 

 Atualmente, a Secretaria de Saúde do estado realiza de 250 a 400 testes por dia, pelo Laboratório Central de Saúde Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen), em Goiânia. Com o novo programa, deve realizar, na primeira semana, de 500 a mil testes ou mais por dia. Gradativamente o processamento dos exames será ampliado, podendo chegar a mais de 4 mil testes por dia. A Secretaria tem a meta de realizar o teste em cerca de 240 mil pessoas, aproximadamente 5% da população de Goiás. 

Cada usuário poderá baixar o aplicativo gratuitamente e responder a um simples questionário de autoavaliação, com perguntas sobre sintomas associados à Covid-19 e histórico de saúde. A partir dos dados fornecidos pelo usuário, a plataforma indica a possibilidade de ele estar infectado pelo novo coronavírus. Não se trata de um diagnóstico, mas de uma avaliação de sinais clínicos e epidemiológicos. Uma amostragem das pessoas cujas respostas ao questionário apontarem para uma alta probabilidade de Covid—19 poderá ser chamada para fazer o exame RT-PCR. 

Aqueles que receberem a indicação para o exame deverão selecionar uma das opções de locais apresentadas na própria plataforma. Em seguida, a pessoa receberá no celular um voucher com um QR Code, que será escaneado na unidade de saúde indicada. O agendamento do teste se dará exclusivamente pela ferramenta. 

“O Dados do Bem segue crescendo e chegando a novos locais, ampliando assim a base de dados e contribuindo para um mapeamento epidemiológico mais abrangente e eficiente. Além de Juiz de Fora (MG), Carapicuíba (SP) e algumas cidades no Rio de Janeiro, agora vários municípios de Goiás passam a contar com o projeto, atendendo a nossa expectativa de chegar a novos estados e regiões. A HDI é parceira da Zoox em projetos de inteligência de dados e valoriza iniciativas como essa, que trazem diversos benefícios reais para a população”, diz Vagner Guzella, vice-presidente Administrativo-Financeiro da HDI Seguros, que doou um milhão de reais para a importação de cerca de 10 mil testes a serem utilizados no projeto e colocou profissionais da sua equipe à disposição do Dados do Bem. 

O aplicativo Dados do Bem é gratuito e está disponível para Android e iOS. O projeto, além de orientar os usuários sobre sintomas da doença, utiliza a inteligência de dados para compilar as informações colhidas para auxiliar as autoridades no desenvolvimento de estratégias e ações direcionadas para a contenção da doença. 

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial