Press "Enter" to skip to content

Setembro Amarelo: é preciso falar sobre saúde mental

Cia. da Consulta registra aumento em busca por atendimento psicológico e psiquiátrico durante a quarentena, e promove desconto em consultas com psicólogo no mês que marca a prevenção ao suicídio. Psiquiatra da rede de clínicas independentes alerta sobre os sinais da depressão

É preciso falar sobre saúde mental e suicídio. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), anualmente, cerca de 800 mil pessoas no mundo tiram a própria vida, e um número ainda maior tenta o suicídio.

Somente no Brasil, estima-se que aconteçam 12 mil suicídios todos os anos — tragédia que afeta famílias e comunidades, com efeitos duradouros sobre as pessoas que vivenciam o luto inesperado. Muitos casos podem ser motivados por depressão. “Dentro deste índice de mortes precoces, também estão muitos jovens. É preciso estar atento a sinais que possam indicar depressão, como tristeza sem motivo aparente, choro, irritabilidade, perda de prazer em atividades antes prazerosas e alterações no padrão de sono e da alimentação”, explica Rogilson Teixeira, psiquiatra da Cia. da Consulta.

Pelo número de casos no País, a Associação Brasileira de Psiquiatria, em parceria com o Conselho Federal de Medicina, criou, desde 2014, a campanha nacional Setembro Amarelo, que marca o mês da prevenção ao suicídio, ao adotar medidas que promovam o diálogo sobre o tema e, sobretudo, a identificação distúrbios psiquiátricos com indicação de tratamento.

Em ano de pandemia do novo coronavírus, especialistas já alertam sobre o agravamento de quadros psiquiátricos em seus pacientes. A saúde mental durante um momento como esse, que ainda exige distanciamento social, tende a ser ainda mais afetada por transtornos psiquiátricos, a exemplo de depressão, ansiedade, e sintomas de estresse agudo.

“Neste cenário de instabilidade, pacientes com sintomas leves de depressão ou ansiedade, podem ter mais dificuldade de adaptação a estas mudanças”, complementa Rogilson.

Entre os meses de abril e agosto, por exemplo, a Cia. da Consulta, registrou aumento na busca por atendimento psiquiátrico em 366%. Em atendimento psicológico, o crescimento foi de 220%.

E como parte das ações promovidas que marcam o mês de conscientização e prevenção ao suicídio — que, de acordo com dados da OMS, poderia ser evitado em 90% dos casos — a Cia. da Consulta oferece um desconto especial de 50% no atendimento psicológico online durante todo o mês de setembro, com valor promocional de R﹩ 40,00 por sessão, e a consulta de psiquiatria online sai por R﹩129,00.

Sobre a Cia. da Consulta: A Cia. da Consulta é uma rede de saúde inteligente, que oferece serviços integrados com qualidade médica, relacionando consultas, exames e cirurgias em um único lugar. Disponibiliza mais de 40 especialidades médicas, como Cardiologia, Ginecologia, Dermatologia e Oftalmologia, além de 2000 tipos de exames laboratoriais e de imagem. A empresa possui dez unidades em São Paulo e Região Metropolitana.

Durante a pandemia do novo coranavírus, a Cia. da Consulta ampliou seus serviços e lançou a consulta online para mais de 10 especialidades médicas. O atendimento por vídeo chamada pode ser realizado com pacientes de qualquer localidade. Além disso, a marca está oferecendo também a coleta domiciliar do teste para detecção de infecção pelo coronavírus.

Site: http://ciadaconsulta.com.br/
Facebook: http://www.facebook.com/ciadaconsulta/
Instagram: @cia.daconsulta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial