Press "Enter" to skip to content

Unimed-Rio e Fábrica de Startups dão início a programa de inovação

Iniciativa tem como objetivo fortalecer nova cultura da organização, voltada para inovação, e utilizá-la na melhoria dos processos internos por meio do desenvolvimento de soluções práticas

A Unimed-Rio, operadora líder do setor de saúde suplementar no município do Rio, e a Fábrica de Startups, o maior hub de inovação do Rio de Janeiro, uniram-se para definir um programa de inovação na cooperativa. O objetivo da parceria é fomentar a cultura de inovação a partir de desafios práticos oriundos do planejamento estratégico e preparar a empresa para uma transformação organizacional nos próximos meses.

Essa é a primeira vez que a Unimed-Rio faz parte de um programa nesse sentido, que nasceu por meio de um projeto de transformação cultural de inovação na empresa. A conclusão foi de que era necessário mais do que apenas investir apenas em células digitais, mas também em incentivar o pensamento dos colaboradores nesse sentido, de modo que ideias disruptivas apareçam de forma natural e mudem a forma de se fazer negócios.

“Entendemos que o mercado como um todo vem passando por inúmeras transformações e na saúde suplementar não é diferente. Como uma empresa que sempre foi referência para os médicos e para os cariocas, a Unimed-Rio precisa assumir uma posição de protagonismo e capitanear mudanças necessárias, começando por dentro de casa. A parceria com a Fábrica de Startups nos traz velocidade e qualidade para evoluirmos em nossa cultura, comportamentos e, especialmente, nas entregas de nossos produtos e serviços”, explica Mario Salomão, superintendente geral da Unimed-Rio.

Com experiência em programas de inovação, a Fábrica de Startups é o parceiro ideal para a iniciativa. Desde o início de suas operações, em 2018, já foram mais de 2 mil inscritos nos seus programas de ideação, além de 118 startups aceleradas, 26 corporações impactadas, 20 deals assinados e mais de 1.500 colaboradores engajados. “Em um de nossos programas de inovação, para se ter uma ideia, foram mais de R$ 1 milhão em contratos assinados com startups por parte de nosso cliente”, destaca Ula Amaral, CMO da Fábrica de Startups.

Durante a etapa de ideação, cuja duração foi de três semanas e teve como foco os colaboradores da Unimed-Rio, foram formadas equipes com o intuito de discutir problemas internos da companhia para assim pensar em soluções efetivas para cada um deles. “Dessa maneira, promovemos integração entre os funcionários e reforçamos a Cultura Interna de Inovação”, explica Ula, ao mencionar que as soluções criadas foram apresentadas no Demoday, em 25 de agosto.

Os trabalhos nessa fase foram baseados em cinco desafios traçados pela operadora de saúde, que passam pela gestão do custo assistencial, pela relação da cooperativa com seus sócios e por uma análise sobre diversos processos internos.

A partir desta semana, começam sprints de desenvolvimento, com a participação de cerca de 250 colaboradores da empresa. “Buscamos resultados efetivos em sintonia com o que está traçado em nosso planejamento estratégico, mas essencialmente queremos formar um time treinado para apresentar soluções criativas para qualquer situação. É um processo de mudança de mindset, acima de tudo”, complementa Salomão.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial