Press "Enter" to skip to content

Instituto Horas da Vida lança projeto para conter contaminação por Covid-19 em casas de idosos da periferia de São Paulo

Testagem, entrega de EPIs e monitoramento contínuo estão entre as principais ações do Envelhecer Sustentável, que beneficiará cerca de 800 pessoas

O Instituto Horas da Vida, junto a parceiros, lançou o Envelhecer Sustentável em combate ao Covid-19, que vai beneficiar 20 instituições de longa permanência para idosos (ILPIs) da periferia de São Paulo. O projeto surgiu como uma estratégia para evitar que o vírus se espalhe dentro dessas casas, causando complicações para os idosos que vivem nelas. Para isso, o programa vai mapear funcionários e idosos infectados pelo novo coronavírus por testagem e orientar gestores e funcionários sobre os cuidados necessários. Além disso, fará a entrega de equipamentos de proteção individual e o monitoramento das instituições, a fim de garantir a efetividade das ações.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), idosos estão entre os públicos mais vulneráveis a complicações causadas pelo novo coronavírus, incluindo a evolução para a morte. Muitos deles vivem em instituições de longa permanência para idosos na periferia de São Paulo, com dificuldades para a prevenção contra a pandemia.

Envelhecer Sustentável foi desenhado para atender a cada uma das casas beneficiadas de acordo com sua estrutura, equipe e as necessidades de cuidado dos idosos. Com duração de seis meses, a expectativa é estender o projeto, já que há a necessidade de promover ações de saúde e prevenção de doenças.

As principais ações do programa para essas instituições são a realização de testes Covid -19 por PCR (swab) em idosos e funcionários; a desinfecção de cada uma das casas beneficiadas; a entrega de equipamentos de proteção individual (EPIs) e álcool em gel; palestra e guia de orientação para gestores e funcionários; apoio de uma Central de Enfermagem para dúvidas; e o monitoramento periódico da situação das instituições atendidas, presencialmente e por contato telefônico.

“A pandemia expôs a vulnerabilidade desses idosos. Esse trabalho de cuidado integral será focado, em um primeiro momento, em diminuir os riscos de contaminação por Covid-19 e dar todas as orientações adequadas. A perspectiva é, na sequência, se desdobrar em ações fundamentais relativas ao monitoramento de doenças crônicas nesses idosos; uma iniciativa totalmente alinhada com o propósito do Horas da Vida de fortalecer a atenção primária em quem mais precisa, conectando profissionais e empresas que querem e podem ajudar”, explica Elisangela Tolosa, diretora de Desenvolvimento Organizacional do Instituto Horas da Vida.

O projeto Envelhecer Sustentável é realizado pelo Instituto Horas da Vida, em parceria com a Associação Samaritano e o Instituto Sempre Movimento, e apoio de Hermes Pardini, Strava,Lobl Clean, Neo Química e Novo Nordisk. O projeto está aberto à colaboração de empresas dos mais diversos segmentos, não apenas na forma de aporte financeiro, mas em doações de produtos e serviços que possam beneficiar os idosos e os profissionais das instituições assistidas.

Para saber como contribuir com o projeto, entre em contato: contato@horasdavida.org.br

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial