Press "Enter" to skip to content

eSocial gera dúvidas e empresas ainda procuram se adequar

A plataforma tecnológica do governo foi adotada há cinco anos e está sendo remodelada para captação dos dados do empregador, físico e jurídico, com relação as obrigações trabalhistas e previdenciárias. A BenCorp, consultoria de gestão integrada de benefícios corporativos e saúde ocupacional, utilizando sua faz gestão dos dados referentes aos eventos de SST, de acordo com a natureza da atividade das empresas clientes, entregando-os formatados e prontos para inserção no Portal do Governo. Este processo resulta no ganho de performance da empresa que otimiza tempo e mão de obra operacional, evita retrabalhos e pode até mesmo evitar multas.

O eSocial recebe a transmissão de informações de forma integrada de diferentes órgãos do governo. “Nos últimos meses vimos que o eSocial está cada dia mais presente no cotidiano das empresas, mas muitas delas ainda não sabem como se adequar, têm muitas dúvidas e eles acabam por adiar esta preocupação, empurrando para o futuro e isso pode ser arriscado”, afirma Cesar Ciongoli, CEO da BenCorp.

Este serviço abrange as seguintes entidades: Secretaria da Receita Federal, Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, Ministério do Trabalho e Previdência Social. Com o advento dessa plataforma do governo não há mudança na legislação vigente ou regras específicas, ele modifica apenas o método de transmissão dos dados, evitando retrabalho na comunicação, facilitando a conexão e o cruzamento de dados entre os órgãos.

“Utilizamos nosso conhecimento na operação do eSocial e experiência com a ferramenta de gestão de dados, o SOC, para contribuir para o desenvolvimento das empresas, que porventura ainda tenham dificuldade para assimilar as mudanças significativas que o serviço trará no dia a dia. Por meio de ações proativas como a que desenvolvemos aos nossos clientes, será possível maximizar os resultados, evitando assim que elas sejam penalizadas futuramente por não atenderem a prazos, errarem nos métodos de comunicação, terem inconsistência nos dados, ou outras dificuldades”, finaliza Ciongoli.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial