Press "Enter" to skip to content

UniShare, da UNIDAS, passa a contar com serviço de telessaúde

Na plataforma de compartilhamento de serviços das autogestões já é possível conferir as empresas que disponibilizam o serviço, além de ter acesso a indicadores e propostas especiais

A pandemia da Covid-19 acelerou a utilização da Telessaúde, que tornou-se uma tendência irreversível. Com a possibilidade de levar a saúde aos lugares mais remotos do Brasil, no início da crise, a UNIDAS (União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde) auxiliou suas filiadas a encontrarem uma solução para os atendimentos à distância. Agora, mais uma vez, a instituição se antecipa e inclui o serviço na UniShare, plataforma de compartilhamento de serviços de saúde entre autogestões.

A Telessaúde será oferecida dentro da UniShare, exclusivamente para filiadas da UNIDAS e nela as autogestões terão acesso a propostas de prestadores de serviços, além de indicadores de resultados, como taxa de encaminhamento do enfermeiro ao médico, taxa de encaminhamento à consulta presencial, além das operadoras poderem também fazer comentários sobre os indicadores por meio da plataforma.

“O futuro está na economia colaborativa e compartilhada. As instituições que não se adaptarem a este modelo ficarão para trás. Mais uma vez, a UNIDAS se antecipou e ofereceu a suas filiadas uma nova forma de relacionamento entre elas e com prestadores de serviços, redesenhando o modelo atual e trazendo ganhos para todos os atores do sistema”, destaca o presidente Anderson Mendes.

A UniShare

Em 2019, a UNIDAS lançou a primeira plataforma de compartilhamento de serviços de saúde entre autogestões – a UniShare – com objetivo de aumentar a eficiência das operadoras de saúde do setor. Totalmente colaborativa, a iniciativa, que é inédita na saúde suplementar, visa transformar o setor, viabilizando um espaço de troca de experiências e aprimoramento entre operadoras e prestadores. Pela plataforma também será possível, por exemplo, identificar quais prestadores têm as melhores avaliações em determinados serviços de saúde, o que não existe hoje no mercado.

UniShare surgiu a partir das necessidades identificadas pela entidade – que representa mais de 80% de todas as autogestões brasileiras – de buscar soluções conjuntas para o segmento e compartilhá-las em escala. Tal movimento só é possível porque, diferentemente das operadoras de mercado, as autogestões não concorrem entre si e, portanto, podem atuar em conjunto com os mesmos objetivos.

“A UNIDAS quer transformar o setor e deixar as autogestões mais eficientes com essa plataforma que tem uma proposta completamente disruptiva. A possibilidade de ter um ranking de empresas com avaliações dos serviços de saúde prestados também é algo inédito no mercado, incentivando a troca de experiências e uma maior eficiência também dos prestadores”, esclarece Anderson Mendes, presidente da UNIDAS.

Na prática, se um prestador ou startup oferecem serviço de gestão da saúde do idoso ou de instalação de clínica de Atenção Primária, por exemplo, ele pode se cadastrar na plataforma e ser visto por todas as autogestões usuárias do marketplace para compartilhá-lo e oferecê-lo não só para uma, mas várias autogestões.

“Por tratar-se de uma plataforma colaborativa, as filiadas poderão comparar as propostas e resultados, otimizando a utilização de recursos e melhorando sua eficiência”, ressalta o gerente executivo da UNIDAS, Leandro Araujo.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial