Press "Enter" to skip to content

Dia da Ressaca: especialistas dão dicas para se recuperar depois de exagerar na bebida

Entenda também por que a ressaca acontece e como evitá-la

Você sabia que neste domingo, 28, é lembrado o Dia da Ressaca? Isso mesmo! A data foi criada para conscientizar sobre os perigos do excesso de álcool para a saúde. Quando exageramos no consumo de bebidas alcoólicas, o organismo tende a manifestar uma série de sintomas, como enjoo, mal estar generalizado e dores no corpo. É a tão temida ressaca. Mas você sabe por que ela acontece?

Patrícia Costa, clínica médica do Hospital Anchieta de Brasília, explica: “o fígado só consegue metabolizar uma quantidade máxima de álcool, então, quando ele é consumido em excesso, ocorre o acúmulo de substâncias tóxicas no organismo, como o acetaldeído. Por isso, a ressaca nada mais é do que uma intoxicação aguda do corpo”. Segundo a especialista, os sintomas duram, em média, de seis a oito horas, mas podem permanecer até 24 horas após a bebedeira.

“Depois da ingestão, você pode sentir dor de cabeça, dor nos olhos, enjoo, mal estar, além de dores no corpo e no estômago, porque o álcool causa irritação na mucosa estomacal. Isso sem contar os sinais de desidratação, falta de apetite, tremores, suor e muito sono”, pontua a médica. Conforme Patrícia, alguns fatores influenciam na ressaca, como a quantidade, o tipo de bebida e até a genética e o sexo do indivíduo. “Normalmente as mulheres metabolizam menos o álcool do que os homens”, justifica.

Mas o que fazer para evitar a ressaca? “Em primeiro lugar, beber menos. Mas, se for beber, é importante comer antes para estar com o estômago cheio. Além disso, é fundamental tomar muita água. Para cada dose de destilado ou cada copo de chopp, deve-se tomar um copo de suco ou água para evitar a desidratação. Também é indicado continuar comendo algum alimento junto com a ingestão da bebida”, orienta a especialista. “Isso ajuda a melhorar os efeitos do álcool no dia seguinte”, conclui.

Alimentos para se recuperar da ressaca

Se você exagerou na bebida, é importante manter uma alimentação mais leve no dia seguinte, como explica Camila de Moura e Lima, professora de nutrição do Ceub. “O ideal é se alimentar com alimentos de fácil digestão como frutas, verduras e carnes leves, preparadas com pouca gordura. E sempre beber muita água”, sugere.

“Além disso, para facilitar o processo de recuperação, você pode comer alimentos como ovos e abacate, que são ricos em proteínas e gorduras de fácil digestão, além de possuírem substâncias que auxiliam na recuperação do organismo, fornecendo energia para ajudar o corpo na desintoxicação”, acrescenta. Outra dica da especialista é consumir sopas e sucos de frutas naturais, pois eles ajudam no processo de hidratação, além de fornecerem nutrientes que ajudam na reposição de potássio, sódio e magnésio.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial