Press "Enter" to skip to content

Saúde mental da mulher no ambiente corporativo continua vulnerável, mesmo com o aumento da presença feminina no mercado

A IVI, assistente de saúde mental para empresas, identificou que 56,7% das mulheres chegam ao aplicativo com baixos índices de bem-estar

Apesar da presença das mulheres no ambiente corporativo ter aumentado nos últimos anos, ainda há muitos paradigmas a serem quebrados. Elas seguem sendo minoria em cargos de gerência e presidência, onde ocupam somente 7% das posições, segundo estudo realizado pelo Instituto Ethos. Mesmo que o tempo tenha ajudado a mitigar a diferença salarial, em especial de 2014 para cá, dados do IBGE comprovam que as mulheres ainda ganham em média 20,5% a menos do que homens.

Demandas em excesso aliadas à falta de reconhecimento podem acabar afetando a saúde mental das mulheres. Ao mesmo tempo que elas são as que mais se cuidam, também são as mais afetadas por problemas dessa ordem.

Com base em dados gerados por pesquisas com colaboradores de empresas, a Ivi, primeira assistente virtual de saúde mental do Brasil, traçou um perfil das colaboradoras do sexo feminino: das 1,7 milhão de vidas impactadas pela inteligência, 56,7% das mulheres contra 37,3% dos homens que utilizam o app apresentam baixos índices de bem-estar. Enquanto 6,5% das mulheres sofrem com a depressão, apenas 2,7% dos homens recebem o mesmo diagnóstico. Em se tratando de ansiedade, os índices são ainda mais altos com as mulheres apresentando quase 4 vezes mais casos que os homens – 11,9% vs 3,5%.

Para melhorar essa condição, a Ivi faz um convite para que os usuários tenham um tempo dedicado a si mesmos todos os dias. Quanto mais os colaboradores interagem, mais a inteligência é capaz de ajudá-los a reconhecer e lidar com as principais fontes de estresse na vida deles. Com o tempo de uso, a IVI reconhece os pontos de boa fluência e os que o colaborador gostaria de melhorar e, a partir disso, é apresentada uma série de estratégias e habilidades voltadas para a manutenção do que é benéfico e mudanças para o que não está legal.

Alguns dos conteúdos oferecidos pela plataforma são para auxiliar na melhora do sono, para ser mais assertivo nas relações interpessoais tanto no trabalho, quanto fora dele; auxiliar no manejo de emoções negativas, lidar com a procrastinação, gerenciamento de tempo, desenvolvimento de foco, nutrição, prática de exercícios físicos, entre outros. Se o usuário apresentar indicadores de depressão, além de sugerir conteúdos baseados na interação com ele, a Ivi recomenda auxílio profissional, seja de um psicólogo ou de um psiquiatra.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial