Press "Enter" to skip to content

Hospital IPO completa 29 anos em expansão: meta é abrir 15 novas unidades em 2021

A instituição é especializada em otorrinolaringologia e oftalmologia e trabalha para descentralizar atendimento

“Não me interessa o tamanho do desafio; o importante é a grandeza da união”. A frase é do dr. João Luiz Garcia de Faria, fundador e diretor do Hospital IPO, que completa 29 anos de atividades no dia cinco de junho. E que já colocou em curso seu projeto de expansão: somada à entrada no segmento de oftalmologia, o hospital prepara a inauguração de duas novas unidades, em Londrina e Maringá.

“Eu tinha na cabeça que precisava unir profissionais da saúde da mesma especialidade para criar um grande grupo de trabalho”, lembra o dr João Luiz, também diretor da BF Medical Facilities. “Por isso, mergulhei de cabeça na ideia do IPO ao longo de todos esses anos. Tudo com um único objetivo: ciência, prestação de serviços, qualidade, formação de novos profissionais e fazer diferença na cidade”.

Criado em 1992, a instituição é resultado do sonho em forma de desafio de um grupo de médicos professores do Departamento de Otorrinolaringologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A ideia era criar um centro de especialidades na área de otorrinolaringologia para atender adultos e crianças com o que havia de mais moderno em tecnologia e com toda a oferta de procedimentos: atendimentos ambulatoriais e emergenciais 24 horas, consultas, exames e cirurgias. Em paralelo, oferecer incremento à formação aos profissionais da área da saúde via cursos, congressos e palestras.

Hoje, são mais de 11 mil metros quadrados de área construída, em dois edifícios centrais e três anexos, mais unidades de atendimento espalhadas em pontos estratégicos da cidade. Com a ideia de descentralizar o atendimento, trabalha em seu processo de expansão com a expectativa de abrir 15 novas unidades ao longo deste ano. Em abril, inaugurou uma nova unidade no Fazendinha e ampliou o atendimento já realizado dentro do Hospital Menino Deus, no Alto da X, agora com a especialidade em oftalmologia.

Por que oftalmologia?

A expansão para a área do cuidado com os olhos se deu pela percepção de que é cada vez maior a necessidade de atendimento nessa área da saúde. Estudo realizado na China com mais de 120 mil crianças detectou que os casos entre os pequenos de até 6 anos aumentaram 400% nos cinco primeiros meses de lockdown no ano passado se comparado aos anos anteriores. Os dados revelam também que, entre os pesquisados com 7 anos, o aumento foi de 200% nos casos de miopia e, aos 8 anos, a alta foi de 40%. O estudo foi publicado em janeiro deste ano na JAMA Ophthalmology, revista científica de maior impacto no campo da especialidade.

“Percebemos as mudanças na sociedade e a importância de um atendimento médico nessa especialidade. Por isso, investimos cada vez mais para que a população esteja amparada, de modo a ter acesso a tratamentos preventivos para conter problemas no futuro”, explica dr. João Luiz.

Com as unidades em Londrina e Maringá, o IPO expande também seu conhecimento técnico e sua metodologia de atendimento humanizado a duas cidades importantes do Paraná. Ao mesmo tempo, carrega para essas cidades a possibilidade de contribuir para a formação de novos profissionais nas duas especialidades contempladas pelo hospital, nas quais já se tornou uma referência no estado.

“O futuro é juntar tudo isso em um processo mais amplo de otorrinolaringologia e oftalmologia”, projeta dr João Luiz. “Já estamos caminhando a passos largos em oftalmologia em Curitiba, atraindo profissionais e implantando a mesma metodologia que desenvolvemos em otorrinolaringologia”, informa.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial