Press "Enter" to skip to content

Omint destaca a importância do seguro de vida para o planejamento sucessório

Produto é uma opção rápida e descomplicada na hora de realizar a transferência do patrimônio

Como imprevistos podem acontecer em qualquer momento, elaborar o planejamento sucessório é fundamental para garantir segurança e tranquilidade financeira para as famílias.  Além de reduzir os conflitos entre os herdeiros, ele acelera o processo de inventário e garante liquidez monetária para a sucessão patrimonial.

Para fazer um planejamento sucessório eficaz, que assegure a transferência de bens aos herdeiros da melhor forma possível, é preciso seguir três passos importantes:

  1. Realize o levantamento do patrimônio

Neste primeiro passo, é preciso reunir o máximo de informações sobre o valor total que será transferido como herança, o que inclui o levantamento de imóveis, veículos, saldo em conta, investimentos, entre outros.

  1. Defina os beneficiários

A indicação das pessoas que vão herdar os bens torna mais simples e rápida a escolha da melhor opção para realizar a transferência do patrimônio.

  1. Escolha a melhor forma de transferir o patrimônio

No último passo, é necessário analisar a maneira mais adequada para transferir os bens aos herdeiros escolhidos. Além do tradicional testamento, outro recurso que pode ser utilizado no planejamento sucessório é o seguro de vida.

O produto determina os beneficiários e o percentual de benefício correspondente a cada um, permitindo que as vontades do dono da apólice sejam realizadas após o seu falecimento.

Como o seguro de vida é um recurso financeiro livre de impostos e não está sujeito ao processo de inventário, o seu resgate é um procedimento rápido e descomplicado – uma vez que o sinistro é acionado, a legislação brasileira determina que o capital segurado seja pago em até 30 dias.

Essa liquidez praticamente imediata é fundamental para garantir recursos às famílias que estão passando por um processo de inventário ou mesmo por dificuldades financeiras, em decorrência do falecimento de uma pessoa que era geradora de renda, evitando, assim, a dilapidação do patrimônio que será herdado.

Saiba mais em: https://www.omint.com.br/seguro-vida/individual/

Imagem: Business photo created by pressfoto – www.freepik.com

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial