Press "Enter" to skip to content

Fundação e Faculdade Unimed busca ser referência em soluções educacionais para o setor de saúde no país

Com sede em Belo Horizonte, instituição inicia novo ciclo e já capacitou mais de 150 mil profissionais nas áreas de saúde, gestão e cooperativismo no Brasil

A pandemia mudou as perspectivas do sistema de saúde no mundo inteiro e discussões sobre a escassez de profissionais no setor passaram a fazer parte da agenda de governos e da sociedade. Até 2030, estima-se que o déficit global chegará a mais de 18 milhões de profissionais de saúde, segundo a consultoria KPMG.

Consolidar-se como instituição especialista e de referência nacional na formação de profissionais para assistência e gestão em saúde, difundir conhecimentos, fortalecer a educação no Sistema Unimed e no Brasil. Esses são alguns dos objetivos da nova gestão da Fundação e Faculdade Unimed, eleita para o ciclo 2021-2025. A nova diretoria tomou posse na manhã desta quinta-feira (17), em Belo Horizonte.

Com 26 anos de história, a Fundação mantém a Faculdade Unimed que, desde 2016, é a instituição de ensino superior do sistema de cooperativas médicas que lidera a saúde suplementar no Brasil. Credenciada pelo Ministério da Educação, a Faculdade oferta de cursos de graduação, pós-graduação e curta duração, presenciais ou a distância, nas áreas de gestão, saúde e cooperativismo. A instituição vem se consolidando e já capacitou mais de 150 mil profissionais no país.

Também nessa quinta-feira, foi assinado um memorando de entendimento com a Fundação Dom Cabral, reconhecida entre as dez melhores escolas de negócios do mundo, para desenvolver soluções educacionais e um programa de cooperação acadêmica, científica e cultural em campos de interesse mútuo. A parceria envolverá troca de experiências, permuta de recursos de ensino, intercâmbio de professores e elaboração de novos cursos, entre outras iniciativas.

Projeto para um think tank

A presidência da Fundação e a diretoria-geral da Faculdade agora estão a cargo do médico do trabalho e sanitarista Helton Freitas, presidente da Seguros Unimed desde 2015. O projeto da nova gestão é transformar a instituição em um think tank do setor de saúde nos próximos quatro anos, gerando e disseminando conhecimentos de gestão, incubando modelos de atenção à saúde mais efetivos e sustentáveis. Outra importante vertente é o desenvolvimento da cultura de cooperação, associando-a a ferramentas mais contemporâneas de gestão e governança.

“Nossa visão é consolidar a Fundação e Faculdade Unimed como referência para todo o setor de saúde, como um verdadeiro laboratório de ideias. Queremos transformar as nossas cooperativas, fortalecer sua competitividade no mercado de saúde suplementar e construir pontes que nos levarão rumo à inovação e a um futuro melhor”, afirma Helton Freitas. O presidente destaca, entre os primeiros passos, estreitar o relacionamento com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop), em parcerias para fomentar as cooperativas Unimed.

“Em 2021, completamos 50 anos da presença nacional do Sistema Unimed, que hoje alcança 84% dos municípios, nas cinco regiões do país. Atendemos a mais de 18 milhões de brasileiros”, cita o presidente da Unimed do Brasil, Omar Abujamra Júnior, também diretor de Relações Institucionais da Fundação. “A capacitação e o desenvolvimento permanente de nossos médicos cooperados, dirigentes e colaboradores são um grande ativo estratégico, o que faz da Fundação e da Faculdade Unimed um dos pilares de sustentabilidade do nosso Sistema”, analisa.

Compõem ainda a nova gestão o diretor Administrativo e Financeiro da Fundação Unimed e presidente da Unimed Participações, Adelson Severino Chagas, e o diretor de Gestão Educacional e Desenvolvimento da Fundação Unimed e presidente da Central Nacional Unimed, Luiz Paulo Tostes Coimbra. A Diretoria Acadêmica da Faculdade Unimed será assumida pelo médico Fábio Leite Gastal.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial