Press "Enter" to skip to content

Abramge promove live sobre o Projeto de Lei que prevê a incorporação automática de medicamentos oncológicos orais no rol da ANS

Evento debate impactos da decisão no sistema de saúde suplementar

Nesta quarta-feira, 7 de julho, a Abramge (Associação Brasileira de Planos de Saúde) promove a live “PL 6330/2019 – Impactos e Reflexões”, sobre o Projeto de Lei, colocado em prioridade no Congresso Nacional, que recomenda alteração na lei de planos de saúde para incorporação automática de medicamentos oncológicos orais ao rol de procedimentos obrigatórios da ANS. Atualmente, apenas 11 antineoplásicos registrados na Anvisa aguardam avaliação para a sua incorporação.

O novo processo não utilizará a Avaliação de Tecnologia em Saúde (ATS) e trará implicações para os planos de saúde. Na ocasião, os convidados vão discutir os desdobramentos do Projeto de Lei e os impactos para as operadoras, bem como para a sociedade, já que a maioria da população, dependente do SUS, não terá acesso aos mesmos medicamentos.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no link: https://bit.ly/3yrOemG. O debate será transmitido a partir das 16h, pelo Zoom. Assista também pelo Canal Abramge, no YouTube: https://www.youtube.com/c/AbramgeNacional.

O encontro on-line terá a participação do presidente da Abramge, Renato Casarotti; do presidente da Unidas, Anderson Mendes; e do advogado sanitarista Tiago Farina Matos. O debate será moderado pelo superintendente executivo da Abramge, Marcos Paulo Novais.

Imagem: Hand photo created by jcomp – www.freepik.com

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial