Press "Enter" to skip to content

Colégio Benjamin Constant é o primeiro cliente empresarial da Qsaúde

Instituição centenária de ensino tem agora o modelo de cuidado inovador da operadora

O Colégio Benjamin Constant é o primeiro cliente de planos coletivos empresariais da Qsaúde, que passa a beneficiar colaboradores e dependentes da instituição que tem mais de 120 anos na capital paulista. A nova modalidade de planos coletivos, que teve as vendas iniciadas neste mês, surgiu para atender à demanda de empresas que se identificaram com o propósito da operadora em democratizar o acesso à saúde suplementar de qualidade, com tecnologia e cuidado humanizado.

O novo modelo da operadora, focado no acompanhamento próximo e contínuo da jornada de saúde dos clientes, e a qualidade dos serviços oferecidos pela rede credenciada de excelência foram os motivos apontados pelo Benjamin Constant para optar pelo plano empresarial da operadora. O colégio tem três unidades em São Paulo, onde estudam cerca de 1.400 alunos, da Educação Infantil ao Ensino Médio.

Além do empresarial, Qsaúde se prepara também para oferecer opções de planos de saúde para pequenas e médias empresas, os chamados PMEs. Fundada por José Seripieri Junior em outubro de 2020, a operadora chegou para democratizar o acesso os brasileiros à saúde suplementar de qualidade, com tecnologia, cuidado e uma rede credenciada com os melhores hospitais do Brasil em São Paulo. Atualmente, a operadora tem uma rede formada por 16 hospitais, 90 clínicas e 126 laboratórios com atuação na capital paulista, Guarulhos, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Barueri, Mauá e Osasco.

Na primeira etapa, Qsaúde investiu exclusivamente no resgate dos planos de saúde individuais e familiares. Depois de oito meses de operação, empresas também passaram a se interessar pelo novo modelo. Com isso, surge mais um caminho de acesso aos melhores serviços de saúde disponíveis.

Segundo pesquisa da Rede Nossa São Paulo divulgada em maio, 70% da população paulistana não tem plano de saúde, o que representa cerca de 8,4 milhões de pessoas¹. Para quem depende unicamente do sistema público de saúde, o levantamento mostra que a maior dificuldade enfrentada pela população é a demora em conseguir consultas e atendimentos, além da superlotação dos serviços.

A pesquisa afirma que esse grupo recorre a atendimentos particulares – 33%, por exemplo, passaram por algum atendimento ambulatorial, enquanto 24% realizaram consulta com especialistas -, o que evidencia a demanda pela saúde privada e a importância de as operadoras trabalharem constantemente em formas de facilitar o acesso.

O investimento constante na rede de excelência é uma das características da Qsaúde. Com isso, é possível oferecer o melhor custo-benefício e promover saúde com gestão profissional eficiente. Atualmente, a operadora tem, como parceiros, três dos cinco melhores hospitais do Brasil, segundo o ranking World’s Best Hospitals elaborado pela revista norte-americana Newsweek: o Hospital Israelita Albert Einstein, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz e o Hospital Santa Catarina. Há ainda o InCor, o hospital público de alta complexidade, que atende também clientes de planos de saúde e que foi considerado o melhor de cardiologia da América Latina pela mesma Newsweek no ano passado.

Referência¹Rede Nossa São Paulo. Pesquisa sobre Saúde e Educação em São Paulo é lançada. Disponível em: https://www.nossasaopaulo.org.br/2021/05/25/pesquisa-sobre-saude-e-educacao-em-sao-paulo-e-lancada/ Acesso em 06/07/2021

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial