Press "Enter" to skip to content

GRAACC destaca avanços no tratamento de câncer de retina e orienta sobre importância do diagnóstico precoce

Técnica inovadora e minimamente invasiva, quando realizada no estágio inicial da doença, contribui para a conservação do globo ocular do paciente na grande maioria dos casos

Em prol ao Dia Mundial da Saúde Ocular, o Hospital do GRAACC, referência no tratamento de câncer infantojuvenil, alerta sobre a importância do diagnóstico precoce de retinoblastoma, um tipo de câncer nos olhos considerado o terceiro mais comum entre crianças com até três anos de vida. São cerca de 400 novos casos diagnosticados anualmente, segundo aponta levantamento do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Se detectado em estágio inicial, as chances de cura chegam a 90%.

Um dos principais centros de referência no tratamento da doença, o GRAACC atua há seis anos no combate ao retinoblastoma com uma técnica inovadora, a quimioterapia intra-arterial, procedimento minimamente invasivo que atinge concentração 80 vezes maior de medicamento do que a quimioterapia convencional por agir direto no foco da doença.

“Em conjunto com outras técnicas de tratamento, conseguimos reduzir a necessidade de enucleação, que é a retirada do globo ocular da criança. Como em todo tipo de câncer, quanto mais cedo for descoberto, maiores são as chances de cura. Mas, de maneira geral, são realizadas de 3 a 5 aplicações da quimioterapia intra-arterial para a remissão completa do tumor, sem sequelas graves ao paciente”, explica Dra. Carla Macedo, oncologista pediátrica do GRAACC.

O procedimento tem certa semelhança com o cateterismo cardíaco. Com instrumentos de ponta, o medicamento é injetado diretamente na artéria oftálmica. A técnica visa a preservar a visão, outros órgãos e oferece menos efeitos adversos ao paciente.

Como centro de referência no tratamento desse tumor ocular, o Hospital do GRAACC possui equipe multidisciplinar especializada, e todas as modalidades terapêuticas necessárias: quimioterapia intravenosa, quimioterapia intra-arterial, intravítrea, braquiterapia, laser e crioterapia.

Fique atento aos sintomas

Os cuidados com os olhos, desde os primeiros dias de vida da criança, são indispensáveis. Por isso, o exame de fundo de olho é o mais indicado na rotina de consultas com o pediatra para diagnosticar, em estágio inicial, qualquer alteração. Conheça os principais:

Reflexo branco na pupila: (popularmente conhecido como reflexo do olho de gato). Pode ser percebido quando o olho da criança aparece com um brilho branco diferente em fotos tiradas com flash e, também, por meio de um exame oftalmológico. É considerado um dos principais sinais de retinoblastoma.

Estrabismo: desvio ocular que pode acontecer por conta da fraqueza do músculo que controla o movimento do olho, sendo o retinoblastoma uma das raras causas.

Imagem: People photo created by rawpixel.com – www.freepik.com

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial