Press "Enter" to skip to content

Vidia comemora a marca de 100 de cirurgias realizadas

Nesse período a healthtech firmou cinco importantes parcerias entre hospitais e clínicas privadas e oferece centenas de procedimentos para quem não possui plano de saúde.

Com o início do período pandêmico, as cirurgias eletivas ficaram pausadas, causando transtorno para quem sofre de problemas de saúde que só podem ser resolvidos com intervenção cirúrgica. A espera na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) também aumentou consideravelmente. Segundo informações do Ministério da Saúde, o sistema deixou de realizar quase 3 milhões de procedimentos em 2020, em comparação ao ano anterior, o que representa queda de mais de 40% nos procedimentos eletivos (não emergenciais).

Diante desse déficit, muitas pessoas passaram a buscar alternativas para resolverem seus problemas de saúde. Com isso, a Vidia, plataforma digital que oferece pacotes cirúrgicos em hospitais particulares com todos os custos inclusos, registrou apenas em sua plataforma mais de 3 mil pessoas buscando por procedimentos eletivos no primeiro semestre de 2021. A alta procura por cirurgias eletivas proporcionou para a startup contratos de parcerias com cinco hospitais e clínicas, além de medicina diagnóstica, com o grupo Dasa, onde seus clientes podem realizar exames pré-operatórios em toda a rede de laboratórios Delboni e Lavoisier.

Além disso, em pouco mais de seis meses de operação, a healthtech realizou 100 procedimentos cirúrgicos e viu sua receita dobrar neste último mês. Preocupada em proporcionar um atendimento especializado, capaz de oferecer informação essencial para um momento onde a pessoa está mais fragilizada, o time conta com profissionais da saúde, que acompanham o cliente por todo o ciclo de cuidado – o resultado é um NPS (métrica que avalia a satisfação dos clientes) extraordinário. Todos os clientes recomendariam a Vidia para um amigo, feito que poucas marcas podem comemorar.

De acordo com o CEO e cofundador da Vidia, Thiago Bonini, a Vidia tem o objetivo de promover saúde de qualidade de forma simples, menos burocrática e com acessibilidade. “Nosso modelo de negócio permite que pessoas sem planos de saúde acessem os procedimentos de maneira rápida, com valores previsíveis e diversas opções de pagamento”, comenta Bonini. “O nosso maior objetivo é promover o acesso à saúde, contribuir para um sistema público mais sustentável e ao mesmo tempo representar uma nova fonte de receita para a capacidade ociosa dos centros cirúrgicos privados”, ressalta o empreendedor.

Um dos motivos pelos quais a empresa também se destacou foi disponibilizar para os clientes opções de pagamentos como a vaquinha online, que possibilita criar uma carteira virtual e, por meio de um link disponibilizado pela plataforma, contar com a ajuda de amigos e familiares para arcar com a cirurgia que precisa. “A modalidade já está sendo bastante usada por nossos clientes e nos deixa muito animados saber que nossos esforços em diversificar os meios de pagamento refletem na saúde das pessoas de forma muito direta”, ressalta Bonini. Outra opção é o parcelamento por boleto bancário, sem necessidade de cartão de crédito.

Os clientes que optam por realizar os procedimentos por meio da Vidia têm acesso ao serviço com aproximadamente 40% de redução do custo total do procedimento, incluindo exames e equipe médica, desde a primeira consulta até o pós-operatório. Além de valores mais acessíveis, o fator que mais tem chamado atenção dos clientes Vidia é a agilidade em resolver o problema que na maioria das vezes traz incômodo e dores. Enquanto que a espera pelo mesmo procedimento pelo SUS pode demorar anos, pela Vidia em 2 semanas é possível realizar consultas, exames pré-operatórios e realizar a cirurgia.

Tendo essa missão bem definida, a empresa recebeu aportes do fundo de investimentos em venture capital Canary e de investidores-anjo que somam R﹩ 4 milhões, além de participar de programas de aceleração da Eretz.bio (Einsten), InovaHC (Hospital das Clínicas – USP) e Endeavor.

Imagem: Woman photo created by peoplecreations – www.freepik.com

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial