Press "Enter" to skip to content

Cultura de Saúde e Segurança no Trabalho do Einstein reúne práticas e processos de melhoria contínuos

Cuidar e proteger os funcionários de acidentes ou doenças ocupacionais é um compromisso da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein. Em 2015, foi criado o SESSCO (Sistema Einstein de Segurança e Saúde do Colaborador), que é parte do ODS 3 (Saúde e Bem-estar), um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU priorizado pelo Einstein e que integra o Plano Diretor de Sustentabilidade – ESG da organização. Desde então, foram realizadas mais de 80 mil horas de treinamento de conscientização e identificação de riscos em diferentes áreas que, somadas a outras práticas, permitiram ao Einstein reduzir índices de acidentes com afastamento de funcionários, acidentes com risco biológico e acidentes de trajeto.

“Celebramos o Dia Nacional da Prevenção ao Acidente de Trabalho neste dia 27 comemorando os resultados alcançados, mas também avaliando e revisando aprendizados para garantir sempre as melhores práticas e processos dentro e fora da organização, além de fomentar constantemente a cultura de cuidado consigo e com o outro”, afirma Patrícia Chaves, Gerente de Segurança do Colaborador, Meio Ambiente e Sustentabilidade do Einstein.

A cultura do cuidado permeia os três pilares de atuação do SESSCO, voltados para gestão e processos, condições físicas, e cultura e comportamento. A partir destas bases, ações e projetos são criados ou adaptados para promover a saúde e segurança no ambiente de trabalho, fora dele e em deslocamentos.

Além de ações regulares como intervenções, inspeções, disponibilização de equipamentos e ferramentas adequadas para cada atividade e com as devidas proteções, há atividades, recursos e capacitações. Entre eles, as oficinas de percepção de risco; treinamento especializado para motociclistas; implantação e manutenção das 5 Regras de Ouro da Segurança; gestão de segurança do colaborador com prestadores de serviços; atividades com o envolvimento da família e alta direção como parte das investigações dos acidentes; e comitês estratégicos mensais de segurança e saúde para avaliações e direcionamentos.

Além disso, a criação e implantação de ferramentas que estimulam o comportamento seguro, em que o colaborador é treinando para realizar abordagens que estimulam a percepção e controle dos riscos, bem como o reconhecimento de comportamentos seguros. Outras atividades, como jogos interativos voltados à sensibilização de todos, inclusive médicos e diretoria, e exposições de fotos e conteúdos completam as iniciativas para que o conhecimento circule e seja aplicado na rotina de trabalho.

O SESSCO também traz o reconhecimento para as melhores práticas e resultados das equipes de destaque. Com isso, áreas são reconhecidas mensalmente com um troféu especial indicando o período sem acidentes com lesão e, anualmente, é realizado o Oscar da Segurança, cerimônia que envolve toda a organização para celebrar o avanço para um ambiente livre de todos os acidentes e doenças ocupacionais.

Assim, entre 2015 e 2020 houve uma redução de 75% da taxa total de acidentes de trabalho. Já a segurança no trajeto, que também é uma premissa do Einstein, as ações realizadas levaram a uma queda de 73% do total de acidentes no trabalho.

“Nosso objetivo é que a cultura da segurança crie raízes não só no ambiente de trabalho, mas que os colaboradores a levem para dentro de casa. Queremos que a capacitação e o conhecimento sobre isso seja amplo, por isso, nosso próximo evento sobre saúde e segurança também será aberto à família”, ressalta Patrícia Chaves. O evento será realizado no dia 27 e terá a participação de palestrantes externos para trazer uma abordagem sobre autocuidado e atenção com os demais, além de diretores da organização para disseminar conhecimentos e práticas ligados ao tema.

Reconhecimentos

Todas as iniciativas levaram o Einstein a ser um dos finalistas em 4 categorias do Prêmio Proteção Brasil 2021. No dia 22 de outubro serão anunciados os prêmios para Ações Preventivas e Corretivas de SST (Case: Gestão de Riscos Ocupacionais Um por Todos e Todos pela Vida), Gestão de Terceirizados em SST (Case: Segurança para Prestadores de Serviço na SBIBAE Onde o Sucesso é Fruto do Trabalho), Sistemas de Gestão (Case: FoCo – A Chave do Avanço da Cultura de Segurança na SBIBAE), e Trabalho em Altura (Case: Segurança nas Alturas).

Imagem: Technology photo created by jannoon028 – www.freepik.com

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial