Press "Enter" to skip to content

Especialista explica o que é aneurisma de Aorta e por que é tão importante o diagnóstico precoce

O rastreamento dos pacientes com fatores de risco pode auxiliar no diagnóstico precoce do Aneurisma de Aorta

A Aorta é a maior e a principal artéria do corpo humano, responsável por transportar o sangue do coração para todos os órgãos, passando pelo tórax e abdômen. O aneurisma é caracterizado pela dilatação localizada de um vaso, podendo não apresentar sintomas inicialmente.

Segundo o Cirurgião Vascular e Endovascular Dr. Josualdo Euzébio da Silva, o aneurisma pode acometer todos os vasos do corpo. Em relação a Aorta pode acometer a Aorta torácica e abdominal. “O aneurisma é caracterizado por uma dilatação permanente de todas as camadas da parede de uma artéria de, pelo menos 50% maior que o diâmetro normal do vaso naquela pessoa”, explica o especialista.

Geralmente, o problema é mais prevalente na população masculina, a partir dos 50 anos de idade, e a incidência aumenta aos 60 anos. Além disso, outros fatores também podem aumentar o risco de desenvolver um aneurisma, como aterosclerose, níveis elevados de colesterol, pressão alta, sedentarismo e tabagismo.

O maior risco do aneurisma de aorta é o seu rompimento, que pode causar uma hemorragia grave, colocando a vida em risco. “A taxa de mortalidade desta doença quando ocorre a ruptura pode atingir níveis elevados, por conta do quadro de hemorragia grave que vai ocasionar”, esclarece Dr. Josualdo Euzébio. Apesar de apresentar risco alto de complicações, o aneurisma pode ser controlado e tratado em fases mais precoces, com redução importante de risco.

Dr. Josualdo Euzébio enfatiza que o controle clinico geral, controle dos fatores de risco, realização do checkup vascular podem orientar a prevenção de doenças vasculares e também a detecção precoce, sendo que o tratamento apresenta melhores resultados nesta fase.

A indicação do tratamento cirúrgico segue as recomendações mundiais, e são vários aspectos a serem analisados pra definir o momento exato para tratamento e qual a técnica a ser utilizada

“A cirurgia pode ser realizada pela técnica convencional com abertura de abdômen ou tórax e utilização de um prótese vascular especifica ou através de um procedimento minimamente invasivo com pequenas incisões na virilha e implante de uma endoprotese.” Ressalta que a indicação do melhor tratamento é avaliado pelo cirurgião para cada paciente, sendo analisado de maneira minuciosa várias informações, exames, quadro clínico do paciente…

O médico orienta ainda que uma as formas de prevenir os aneurismas é manter o estilo de vida saudável, por meio de uma alimentação balanceada, prática de atividades físicas, não fumar, controle de pressão arterial e níveis de colesterol e triglicérides. “. A população deve ter consciência de que seus hábitos são escolhas, e estas escolhas podem prolongar ou não a vida”, finaliza o médico.

Imagem: Man photo created by nakaridore – www.freepik.com

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial