Press "Enter" to skip to content

Grupo São Cristóvão Saúde participa do Otto Xperience

Fórum de Inovação e Gestão em Saúde tem como painelista a Gerente de TI Patrícia Hatae, uma das grandes players do mercado a fazer parte do evento

A evolução tecnológica, aliada à saúde, comprova cada vez mais os benefícios em desenvolver mecanismos e dispositivos eficientes para a medicina. Seguindo todos os últimos acontecimentos do segmento e acompanhando as mudanças em tempos de pandemia, o Otto Xperience – Fórum de Inovação e Gestão em Saúde em evento totalmente gratuito e online, reuniu entre os dias 4 e 5 de agosto grandes nomes do setor para abordar sobre informações como genética, análise de dados e farmacoeconomia.

Patrícia Hatae, gerente de Tecnologia e Inovação, representou o CEO/Presidente do Grupo São Cristóvão Saúde, Engº Valdir Pereira Ventura e foi um dos grandes destaques, trazendo alguns dos resultados que se pode obter com a contribuição tecnológica.

“A pandemia mobilizou o setor de tecnologia e empresas do mundo todo no combate da covid e através dos dados conseguimos compreender diferentes aspectos da doença e do comportamento deste vírus. Se não tínhamos dimensão da importância da tecnologia, esse momento intensificou o seu papel significativo em nossas vidas”, esclarece Patrícia.

Além disso, no início de sua fala, a gerente de TI destacou o poder dos dados e a riqueza do conhecimento atualmente. “O recurso mais valioso do mundo não é mais o petróleo, mas sim os dados, ou seja, assim como o petróleo deve ser refinado, os dados precisam receber um tratamento correto para estarem prontos para sua utilização em seu total potencial.

Quando tratamos os dados, ele vira informação e ao ser interpretado, o dado vira conhecimento. Quando absorvo o conhecimento, ele se transforma em inteligência”, relata Patrícia, destacando seu papel em criar elementos que propiciam modelos de IA.

Ao longo de sua apresentação no segundo painel, cujo tema foi “A Importância da Análise de Dados em Saúde”, Patrícia trouxe em sua fala como o Grupo têm aproveitado este momento para uma transformação cultural. “O Grupo São Cristóvão Saúde, considerando esta nova realidade e compreendendo que a transformação digital é fundamental para o seu processo de transformação e expansão, vem investindo muito no processo de digitalização com foco no paciente e nos seus profissionais de saúde. Estamos sempre de olho nas tendências do mundo”, ressalta a profissional. Para Patrícia, “não é tecnologia por tecnologia e sim para atender o objetivo estratégico do Grupo, com função de melhorar a experiência de todos. Ou seja, como TI, temos a missão de ser o facilitador do processo para viabilizar as metas da instituição”, enfatiza Patrícia.

No painel, também foi comentado sobre as principais ações de TI realizadas no trabalho de expansão do Grupo, onde se é trabalhado IA, machine learling, interpretação de textos através de linguagem de processamento natural e mineração de dados, o data quality das informações, BI, IOT. “Contamos com uma equipe robusta e estamos está seguindo os padrões de tendências mundiais, onde trabalhamos com autonomia para buscar as melhores soluções para o Grupo, com patrocínio da alta gestão. Ou seja, somos uma TI estratégica com o olhar para o futuro”, pontua Patrícia Hatae.

Se apresentaram ainda Lilian Quintal Hoffmann, diretora-executiva de Tecnologia e Operações da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo e Jacson Venâncio de Barros, Diretor do Departamento de Informática do SUS – DATASUS do Ministério da Saúde. Ao término, houve um momento de interação onde os palestrantes do painel responderam às perguntas do público.

A Otto HX é um ecossistema digital colaborativo que integra todas as informações e que proporciona às empresas de saúde avançarem no processo de transformação digital. Esse é o grande diferencial entre as empresas que oferecem apenas sistemas de gestão.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial