Press "Enter" to skip to content

Dia Mundial da Prevenção à Obesidade​: brasileiros de 31 a 40 anos representam a maior parcela de pessoas com excesso de peso

De acordo com a Amparo Saúde,​ 36% dos atendimentos mensais da equipe de nutrição clínica estão associados​ à obesidad​e

A obesidade é um problema sério na sociedade mundial atual, não por estereótipos e padrões de beleza, mas sim por qualidade de vida e doenças associadas.​ De acordo com o último censo divulgado pelo IBGE, da PNS 2019, seis em cada dez brasileiros estão com excesso de peso, enquanto há 18 anos, este número era de quatro a cada dez pessoas. Para discutir sobre a conscientização do Dia Mundial de Prevenção à Obesidade (11 de outubro), a Amparo Saúde, healthtech referência em cuidado humanizado e prevenção em saúde no Brasil, mapeou os atendimentos realizados periodicamente pela equipe de nutrição​ clínica e identificou que aqueles que estão na faixa de obesidade já representam 36% do total.

A healthtech traçou ainda um perfil dos pacientes que estão sendo atendidos com os profissionais e, de acordo com o levantamento, a faixa etária que mais se enquadra na obesidade é a que engloba pessoas de 31 a 40 anos (44,4%), seguida da faixa de 41 a 60 anos (27,8%), de 21 a 30 anos e 51 a 60 anos (ambos com 11,1% cada) e, por último, a população idosa acima de 71 anos (5,6%).

Ainda neste mesmo estudo, a Amparo Saúde identificou que destes atendimentos a pessoas com sobrepeso, há diversas doenças associadas e que podem trazer uma série de problemas mais graves aos pacientes.​ As mais comuns são: Hipertensão (22,2%), Diabetes (22,2%), Colesterol e Triglicerídeos elevados (22,%), Pré-Diabetes (16,6%), Hipotireoidismo (16,6%) e Doença do Refluxo Gastroesofágico (5,6%).

De acordo com a nutricionista Amanda Giovannetti, o cuidado coordenado entre os médicos de família e a equipe de nutricionistas é fundamental para prevenir em primeiro lugar, mas também tratar quadros de obesidade e de doenças associadas. “A obesidade é uma questão de saúde cada vez mais relevante no Brasil e no mundo. Vemos sua prevalência aumentando ano após ano, inclusive entre os mais jovens. Ao mesmo tempo, observamos a piora dos hábitos alimentares da população e a adoção de uma rotina cada vez menos ativa. E esses fatores têm forte relação com desenvolvimento de doenças crônicas e piora da qualidade de vida”, explica a profissional.

Segundo a PNS 2019, atualmente o Brasil possui cerca de 96 milhões de pessoas acima do peso no país – quando o IMC indica que elas estão na faixa de sobrepeso ou obesidade. Além disso, o número de adolescentes nessa faixa também tem aumentado muito, respondendo hoje a 19,7% (excesso de peso) e 6,7% (obesidade) dos casos no país.

Para evitar essa situação é preciso ter mudança de hábitos de vida, criando uma rotina mais consciente tanto em questões alimentares, quanto em prática de atividade física. Confira os 5 hábitos para manter uma vida mais saudável e fazer a prevenção contra a obesidade​:

1. Evitar o consumo de produtos ultraprocessados, como refrigerante, salgadinhos de pacote, biscoitos recheados, macarrão instantâneo, etc.
2. Basear suas refeições em alimentos in natura ou minimamente processados como legumes, verduras, frutas, cereais, leguminosas, etc.
3. Planejar sua rotina para dedicar à alimentação o tempo e o espaço que ela merece, isso envolve desde a compra até o momento da refeição.
4. Comer com regularidade, atenção e em ambientes apropriados.
5. Buscar uma rotina ativa através de exercícios físicos que sejam agradáveis e prazerosos para você, assim fica muito mais fácil mantê-los em uma frequência adequada.

Imagem: Woman photo created by rawpixel.com – www.freepik.com

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial