Press "Enter" to skip to content

Imunologista alerta sobre a importância da vacinação para controle de doenças

Crédito: Divulgação e Imagem – Escrito ou enviado por/Bruna Ribeiro/a4&holofote comunicação.

Essencial para preparar o sistema imunológico e fazer com que desenvolva defesas e anticorpos específicos contra uma série de enfermidades que, quando ocorrem, podem deixar graves sequelas ou serem fatais

O ato de vacinar é de extrema importância para a saúde, visto que os imunizantes estimulam o corpo a produzir respostas imunológicas, ou seja, proteção. Contato com pessoas, objetos contaminados ou gotículas de saliva expelidas pela tosse, espirros ou fala são alguns dos modos de transmissão de inúmeras doenças, que podem ser evitadas. Assim, a vacina é a melhor forma de prevenção para muitas enfermidades graves e as complicações que delas podem surgir.

De acordo com o Dr. Celso Granato, infectologista do Fleury Medicina e Saúde e diretor Clínico do Grupo Fleury, o Outono é a estação ideal para se vacinar, pois precede um período em que há alta incidência de viroses respiratórias e buscas por atendimentos emergenciais. “As vacinas previnem formas graves de meningite, pneumonias, sarampo, catapora, entre outras doenças transmissíveis. Hoje, muitas dessas enfermidades estão controladas pelo elevado índice de imunização”, ressalta.

Outro exemplo, é a própria gripe, causada pelo vírus influenza e cuja campanha para a vacinação teve início em abril deste ano. “Trata-se de uma infecção viral respiratória aguda e altamente contagiosa, facilmente transmitida entre as pessoas”, acrescenta o médico, que ajudou a esclarecer as dúvidas sobre vacinação. Confira abaixo.

Qual é a importância da imunização e como elas agem?
A imunização com vacinas ajuda a prevenir doenças potencialmente graves de forma eficaz e rápida. Elas estimulam nosso sistema imunológico a produzir anticorpos específicos ao agente contra o qual fomos vacinados.

As pessoas devem se vacinar de quanto em quanto tempo?
Para cada doença há um esquema específico que contempla diferentes doses: algumas são únicas, outras exigem reforço. No caso da gripe, a vacina deve ser anual, pois a imunidade conferida por ela vai diminuindo com o passar do tempo. Além disso, a composição muda anualmente para contemplar os subtipos mais circulantes, dado que esse vírus sofre mutações com frequência.

Na lista de vacinas, quais merecem atenção desde a adolescência até a fase adulta?
Na verdade, todas as vacinas disponíveis são importantes, sejam as que já fazem parte do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e as que também são ofertadas nas redes privadas. Caso não exista contraindicações, devem ser tomadas. É muito importante uma avaliação médica para conferir a caderneta de vacinação e deixá-la em dia. Entre os adolescentes, vale reforçar a importância das vacinas contra o HPV e a gripe. Já para adultos e idosos é importante a imunização contra a gripe e avaliar as pneumocócicas em todos os casos, além dos reforços adequados.

Existe uma melhor época para a vacinação?
Para a gripe, o ideal é vacinar entre março e abril. Isto porque é indicado que a pessoa esteja imunizada antes do período de maior circulação do vírus, ou seja, o Inverno. Porém, mesmo nos meses subsequentes, a pessoa deve se vacinar.

No início de abril começou a campanha de vacinação contra gripe – agora com a cepa atualizada, a H3N2. Qual é a importância da vacinação contra o vírus Influenza?
A vacinação contra gripe é muito importante e, por ser um vírus com transmissão respiratória, pode causar sintomas leves, mas também levar a casos graves e até fatais da doença. Além disso, por ser muito transmissível, é imprescindível manter a imunização em dia para prevenir a doença.

Quem não deve tomar a vacina da gripe?
Quem tem alergia grave a algum componente da vacina ou já apresentou algum tipo de reação às doses anteriores.

Quais são as diferenças entre a vacina da gripe oferecida gratuitamente por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e a da rede privada?
Ambas são seguras, importantes e eficazes. A vacina oferecida gratuitamente por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI) é composta por 3 cepas do vírus influenza. Já o imunizante disponível na maioria das redes privadas contempla quatro componentes cuja formulação contém proteínas de diferentes cepas, a chamada vacina quadrivalente: influenza A H1N1 e H3N2 (Darwin), e influenza B (Victoria e Yamagata).

Vale lembrar que as unidades do Fleury Medicina e Saúde, contam com amplo grupo de imunizações. “Disponibilizamos um painel com vacinas fundamentais para calendário, contemplando desde crianças a idosos e visando prevenir as formas graves de meningite, pneumonias, sarampo, catapora, influenza, dentre outras doenças”, informa o especialista.

Entre as vacinas disponíveis estão:
Vacina contra Vírus Influenza, adulto
Vacina contra Vírus Influenza, infantil
Vacina contra Meningococo B, recombinante
Vacina contra Meningococo A, C, Y e W135, conjugada
Vacina contra Pneumococo13, conjugada
Vacina contra Pneumococo 23
Vacina Pentavalente, combinada
Vacina Hexavalente, combinada
Vacina contra Herpes Zoster
Vacina contra Rotavírus, 5
Vacina contra Papilomavirus Humano
Vacina Tríplice bacteriana acelular adulto
Vacina Tetra Viral
Vacina contra Varicela

Mais informações pelo site www.fleury.com.br ou pelo telefone (11) 3179-0822.

Sobre o Fleury Medicina e Saúde
Referência nacional em Medicina Diagnóstica e de Precisão, o Fleury oferece 3,5 mil testes em 37 diferentes especialidades médicas. Entre as recentes inovações ofertadas está a plataforma Fleury Genômica, canal dedicado a atender com excelência clientes e médicos e que possibilita a realização de testes genéticos em amostra de saliva, sangue e biópsias inteiramente online, mediante pedido médico para clientes situados em qualquer região do País e do mundo. Também é precursor no conceito de Centro Integrado de Medicina Diagnóstica, que oferece uma solução diagnóstica completa, assessoria médica e serviços singulares, como o Fleury Kids, para atendimento infantil; Gestar Fleury, dedicado à medicina fetal; Imagem Osteomuscular, dedicado a doenças osteomusculares; entre outros. Em atenção primária, atua com a marca SantéCorp. Na área terapêutica, mantém um Centro de Infusões. E em reprodução humana, com o Fleury Fertilidade. O Fleury tem unidades de atendimento nos municípios de São Paulo (SP), Santo André (SP), São Bernardo do Campo (SP), São Caetano do Sul (SP), Barueri (SP), Cotia (SP), Campinas (SP) e Jundiaí (SP), além de Brasília (DF). Site Fleury Medicina e Saúde: www.fleury.com.br

Acesse e conheça o Fleury Genômica: www.fleurygenomica.com.br e o Fleury Fertilidade:
https://fertilidade.fleury.com.br/paciente/

Curta o Fleury no Facebook: www.facebook.com/FleuryMedicinaeSaude
Siga o Fleury no Instagram: www.instagram.com/Fleury
Inscreva-se no canal do Fleury no YouTube: www.youtube.com/FleuryMedicinaeSaude

Mais informações para Imprensa
A4&Holofote Comunicação – https://www.facebook.com/a4eholofote/
Mariana Bertolini – marianabertolini@a4eholofote.com.br – (11) 99916-8091
Mariana Rocha – marianarocha@a4eholofote.com.br – (11) 97152-7765
Bruna Ribeiro – brunaribeiro@a4holofote.com.br – (11) 99441-5073

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial